Conexão

dez

10

2020

Irani avança em projeto de inovação aberta e se prepara para selecionar startups

A Irani, uma das principais indústrias nacionais dos segmentos de papel para embalagens e embalagens de papelão ondulado, se prepara para a fase final da seleção das startups. As jovens empresas terão a oportunidade de apresentar seus projetos no dia 17 de dezembro, no Demoday. A ação faz parte do Irani Labs, projeto de inovação aberta realizado junto com a GROW+ que visa o desenvolvimento de novas soluções nas áreas de gestão de resíduos, coleta e gestão de aparas, tecnologias florestais, entre outras.

Os projetos serão avaliados por uma banca que selecionará até três startups. As vencedoras poderão se tornar parceiras da Irani e terão a oportunidade de testar na empresa as soluções e tecnologias propostas.

Segundo a gerente de marketing e inovação da Irani, Andrea Quintana, o Irani Labs representa mais um importante passo da empresa em sua trajetória nainovação aberta. “Estamos cada vez mais abertos para inovar. O Irani Labs é uma importante iniciativa estruturada de conexão com o ecossistema das startups. Superou todas as nossas expectativas”, ressalta.

O programa foi criado para buscar soluções inovadoras e tecnológicas no mercado com base no pilar de sustentabilidade da empresa. Cinco temáticas foram escolhidas para compor o Irani Labs. São elas: gestão de resíduos, coleta e gestão de aparas, tecnologias florestais, novos produtos e serviços e novos modelos de negócios.

Cultura de inovação e inovação aberta

A gerente de marketing e inovação da Irani comenta que a inovação é um valor da companhia incentivado por meio de duas verticais. A primeira tem a ver com as iniciativas de fortalecimento da cultura da inovação entre os colaboradores de diferentes áreas. Um exemplo é o Inova Ideias, programa de apresentação e aplicação de ideias dos próprios colaboradores.

Andrea destaca conexões com ambientes de inovaçào

A segunda diretriz está associada aos projetos de inovação aberta, que convocam atores de fora para pensar o negócio da companhia. “Temos interface com universidades para fazer pesquisas e projetos conectados com incubadoras, parques tecnológicos e centros de tecnologia, além de estarmos conectados com as startups”, exemplifica Andrea.

Para ela, essa parceria significa a oportunidade de criação de iniciativas competitivas para o setor. “Com as startups, conseguimos nos oxigenar, receber insights e soluções que não estão disponíveis em nosso setor”, avalia.

A GROW+ é um desses atores externos que está contribuindo para o desenvolvimento da Irani não só no desenho do Irani Labs, mas também na conexão com o ecossistema de inovação do País. “É uma parceria especial, estamos aprendendo muito com todo o processo”, comemora a executiva.  

Sobre a Irani

Fundada em 1941 e controlada desde 1994 pelo Grupo Habitasul, a Irani Papel e Embalagem é hoje uma das líderes do do setor de embalagens de papelão ondulado no Brasil, além de ser referência no setor de papel para embalagens (rígidas e flexíveis). Com produção integrada, florestas próprias, energia autogerada e máquinas e equipamentos constantemente atualizados, a Irani produz papéis para embalagens, chapas e caixas de papelão ondulado, resinas de pinus, breu e terebintina, assegurando o fornecimento de produtos de matéria-prima renovável.

Grow+

Grow+

Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter

Artigos Relacionados

Quer informação e conteúdo para construir o novo?

A nossa news é pra você!

Nossas Soluções

Trilhas de Inovação Aberta

Nossa entrega mais digital de todos os tempos.
Projetada para uma experiência incrível. Uma nova dimensão para a inovação aberta, harmonizando (intra) empreendedorismo com startups.

Programas de Inovação Corporativa

Revolucionários.
A ponte entre startups e (intra) empreendedorismo.
Criar desafios, gerar ideias, colaborar e conectar-se com startups. Diferentes caminhos para criar, gerenciar e capturar a inovação.

Editorias

Quer informação e conteúdo para construir o novo?

A nossa news é pra você!

Inovar não precisa ser tão desafiador!

Inovar não precisa ser tão desafiador!